Uma empresa moderna não toma decisões corporativas que não sejam guiada por dados cuidadosamente extraídos e analisados. E essa tomada de decisão orientada a dados é um processo que envolve a coleta com base em metas mensuráveis ou KPIs e análises de padrões, fatos e insights – que são a informação mais preciosa da companhia e que de fato são utilizados para se desenvolver estratégias e atividades que beneficiam os negócios em diferentes áreas.

Se você já tem um processo de coleta e análise de dados, podemos dizer que seu negócio é quase maduro. Agora, esse processo aliado à uma estratégia e à uma solução que seja capaz de ingerir e indexar dados de qualquer origem, aplicando modelos de machine learning, elevam o patamar dos seus negócios, tornando-os mais competitivos e diferenciados.

Entenda como funciona a estrutura de Data-driven Decision Making na Yssy:

Fases em relação aos dados:

  1. Investigar:
    – Coletar e correlacionar;
    – Enquadrar e refinar perguntas não resolvidas;
    – Criar visibilidade.
  2. Monitorar:
    – Automatize perguntas recorrentes do seu negócio;
    – Monitore continuamente;
    – Produza consciência situacional em tempo real;
    – Gere insights pró-ativos.
  3. Analisar:
    – Alavancar aprendizado de máquina, inteligência artificial (IA);
    – Analisar conjuntos de dados massivos;
    – Descobrir outliers e anomalias;
    – Oferecer recursos preditivos;
  4. Agir:
    – Entenda seu ambiente operacional;
    – Automatize tarefas e orquestre fluxos de trabalho;
    – Responda a velocidades que o business exige.

Isso é só um resumo do que podemos transformar em relação a dados e processos ágeis de coleta e análises para o seu negócio. Vamos discutir melhor esses insights? Fale conosco!