SOC: entenda o que é o sistema e a importância para sua empresa

sistema soc

Tecnologia e segurança devem caminhar de mãos dadas com uma gestão estratégica de qualquer empresa, atualmente. E o SOC tem se mostrado um diferencial e tanto para essa contínua adaptação para ficar sempre à frente de ataques virtuais. Seja para defender-se ou para prevenir sua empresa de novas investidas.

Se você não sabe sequer o que significa a sigla SOC, convidamos você a seguir com a leitura deste post! A seguir, vamos falar tudo sobre o Centro de Operação de Segurança (ou SOC, simplesmente) para você avaliar a possibilidade de implementá-lo no seu empreendimento!

O que é SOC?

Um SOC — ou sistema SOC — é um ambiente seguro para o monitoramento, a detecção e análise e a resposta contra incidentes de segurança. 

Para isso, uma equipe é direcionada às múltiplas atividades mencionadas acima — formada por engenheiros de segurança e analistas. Com isso, eles monitoram atividades em:

  • servidores;
  • bancos de dados;
  • redes;
  • aplicativos;
  • dispositivos de endpoint;
  • sites;
  • sistemas em geral que podem oferecer risco de invasão e/ou violação de dados;
  • fontes externas, como listas de ameaças.

Uma extensão ampla de meios para análise, mas que favorece o trabalho de diagnosticar, rapidamente, eventuais ameaças e impedi-las.

Além disso, com base no trabalho preventivo e de análise, a equipe de segurança do SOC faz um trabalho investigativo. Algo que permite a identificação de gargalos e carências que podem ser explorados, futuramente, por ameaças virtuais.

Quer saber mais sobre a solução de monitoração e resposta a incidentes da Yssy? Clique aqui!

Como funciona o sistema SOC?

Como vimos, o software SOC (ou sistema) age com agilidade e contínuo aprendizado para promover respostas ágeis e precisas de segurança. Como resultado, as medidas de proteção de dados e sistemas online permanecem em constante desenvolvimento.

Isso porque, com um trabalho muito bem direcionado, o SOC pode oferecer:

  • vigilância proativa;
  • análise e detecção ininterruptas de sistemas em geral, a procura de ameaças e violações;
  • solução para diversos problemas em softwares;
  • monitoramento e gerenciamento de firewall;
  • análise integrada com sistemas de prevenção de intrusão;
  • correção de soluções de proteção em geral — por exemplo: ransomware e antivírus, entre outras;
  • gestão de tráfego;
  • análise de dados de log;
  • atualização frequente de tendências de segurança

o que significa a sigla soc

Para essas múltiplas tarefas, vale observar como funciona o sistema SOC nesse sentido. Uma variedade de ferramentas faz parte do processo de coleta de dados e monitoramento de atividades suspeitas, gerando alertas à equipe SOC.

Mas o software SOC vai além disso. Pois, como adiantamos, ele também consegue identificar vulnerabilidades (internas e externas) a partir de suas constantes análises em softwares e hardwares.

Um dos meios para isso, e que envolve também o trabalho dos seus especialistas em SOC, é o Pentest — ou teste de penetração. Uma forma de usar os dados coletados pelo sistema SCO e aplicá-los em diferentes situações para testar os seus ambientes digitais.

Mas existem, também, outras formas de aplicação, utilidade e valorização do SOC, como veremos adiante.

Onde é utilizado o SoC?

No que diz respeito à segurança cibernética do seu negócio, o SOC tem aplicações variadas.

Para que isso fique um pouco mais claro, abaixo listamos algumas das motivações que mais inspiram a utilização de um sistema SOC. Confira:

  • prevenção de ataques. Algo que pode ocorrer por meio da atualização de softwares e hardwares, entre outras soluções focadas em segurança (como os já citados antivírus);
  • detecção de riscos e ameaças. Recursos integrados e usados em combinação geram alta capacidade de análise e detecção das ameaças;
  • agilidade na capacidade de resposta da empresa contra incidentes. Algo que confere mais segurança e recursos para garantir a proteção dos seus sistemas online.

Qual a constituição de um SoC?

No geral, um sistema SOC é constituído por elementos associados a uma unidade de processamento central. Além disso, conta com portas de entrada e saída e outros fatores, como blocos de entrada e saída analógicos e também uma capacidade interna de memória.

O tipo de estrutura que foi definido para uso do SOC é, então, associado a todo tipo de recurso de segurança da organização. Entre eles, podemos citar os firewalls, as IPs, os antivírus e anti-DDoS, entre outros. 

Dessa maneira, o trabalho estratégico de sua equipe é fundamental para configurar ações e definições para compor múltiplas respostas para situações diversas.

como funciona o sistema soc

O resultado disso é a emissão de alertas automáticos diante das situações previstas e, também, a execução dos procedimentos adequados para cada uma delas. E mesmo que não seja possível impedir o comportamento suspeito, equipes de suporte podem entrar em cena, já que o alerta foi emitido anteriormente.

Qual a importância do sistema SOC?

Se os investimentos globais previstos para segurança cibernética, em 2022, chegam a US$ 133,7 bilhões, não dá para negar: o SOC faz parte desse total.

Pois a solução permite a integração e o uso combinado de ferramentas e tecnologias focadas na prevenção e no combate aos crimes virtuais. Quanto mais recursos você tiver para detectar e evitar ameaças, menores serão os prejuízos e mais seguras se tornam as empresas.

Isso, por si só, já evidencia o valor do SOC para as organizações, atualmente. Só que dá para fragmentar essa importância por meio dos seguintes aspectos que são observados já em curto prazo, após a implementação do SOC. Veja só quais são!

Proteção da confiança do consumidor e do cliente

Se você se preocupa com a segurança da sua empresa, imagine o consumidor, com relação à proteção dos seus dados pessoais?

Inclusive, recente pesquisa publicada no Estudo Global de Consumidores sobre Privacidade de Dados 2018 mostrou que 62% dos consumidores não comprariam de empresas que não se preocupam com a segurança de suas informações.

Ao criar um SOC que ofereça proteção — e agregue, continuamente, essa relação de confiança com os consumidores —, sua empresa só tem a se beneficiar.

Respostas rápidas em casos de problemas

Agilidade é tudo, hoje em dia. Especialmente, em um país como o Brasil, que alcançou a segunda colocação no ranking mundial de países mais afetados por ciberataques.

Saber como responder, e prevenir-se, de maneira ágil e precisa, torna o seu negócio muito mais preparado para lidar com ameaças que vêm de todas as direções.

Redução de custos

Investir em SOC agrega economia de custos de diferentes formas. Por exemplo: reduz o impacto financeiro em remediar uma violação de dados. Além disso, capacita sua equipe a ser mais responsiva e precisa nas ações tomadas.

Ou seja: é um investimento tecnológico que se traduz, fortemente, em menos despesas que vão só prejudicar o seu orçamento.

Quais as diferenças entre o SOC, NOC e BOC?

Bom destacar que, além do sistema SOC — que monitora, detecta e analisa os seus sistemas de segurança constantemente, existem outras siglas que valem a menção.

E que, mesmo assim, têm funções e objetivos distintos, mas que podem se complementar.

É o caso do NOC (que remete ao termo Network Operations Center — ou Centro de Operações de Rede) que avalia o desempenho e a velocidade da sua rede.

Tem, também, o BOC — Business Operation Center, ou Centro de Operações Empresariais. Sua função é mais estratégica, uma vez que configura uma antecipação de necessidades da empresa, justificando investimentos em tecnologia para supri-las.

Em comum, vale observar que tanto o SOC quanto o NOC e o BOC agem de maneira proativa. Isso oferece uma gestão mais inteligente e assertiva para o seu negócio.

Por que centralizar a segurança no SOC?

Contar com um sistema de Security Operations Center (SOC) é algo valioso para as empresas, hoje em dia. Afinal, é um meio que automatiza processos e protocolos de segurança, monitorando de maneira ininterrupta diferentes entradas e saídas dos sistemas.

E, como destacamos, existem benefícios que se multiplicam na rotina da sua empresa. Veja e reveja alguns dos principais:

  • economia de recursos, como energia e espaço, além de despesas em geral;
  • eficiência pluralizada, oferecendo ações de resposta para diversas ameaças e eventuais situações de risco;
  • mais rapidez no processo de transmissão de dados;
  • mais precisão na avaliação e direcionamento do orçamento;
  • eficiência e responsividade para agir e reagir com precisão e agilidade.

São motivos que se acumulam para a consideração desse tipo de solução na sua empresa, concorda?

Vamos ver, então, na prática como funcionaria a alternativa de implementar o SOC na sua organização!

Como implementar o sistema SOC na minha empresa?

Existem etapas a serem consideradas antes de implementar um SOC. Confira, abaixo, um breve passo a passo a ser cumprido para isso!

soc segurança

Faça um planejamento e desenvolva uma estratégia

Qualquer investimento deve ser uma resposta a uma demanda específica. No caso do SOC, estamos falando diretamente em segurança cibernética

Por isso, certifique-se de que você e a sua equipe sabem os motivos pelos quais o SOC vai ser implementado. Uma boa forma de gerar certeza é respondendo:

  • o que você deseja proteger;
  • os dados são relativos às informações do consumidor ou internas;
  • além do SOC, você pretende usar o NOC e/ou o BOC.

Pense, ainda, na disponibilidade de sua equipe. Afinal de contas, você deve imaginar que isso vai afetar o planejamento, o orçamento e a implementação do projeto.

Certifique-se da visibilidade em toda a organização

Ao entender o que a sigla SOC significa e quais são as aplicações do termo, você deve avaliar, também, o efeito do sistema na empresa.

Ou seja: antecipe-se, e entenda como o SOC vai ser aplicado internamente para que a sua implementação ocorra de maneira rápida e efetiva.

Invista nas ferramentas e serviços de qualidade

Como destacamos, o sistema SOC faz uso complementar de diversas soluções e ferramentas. Por isso, avalie quais podem ser fundamentais para a proteção do seu negócio, entre:

  • proteção de endpoint;
  • firewall;
  • detecção de ativos;.
  • monitoramento de dados;
  • gerenciamento de log.

Entre outras, sendo necessário criar algo realmente dedicado para as necessidades, características e objetivos da sua empresa.

Contrate os melhores profissionais ou terceirize o serviço

Além do cuidado em selecionar as melhores soluções tecnológicas, o SOC depende de especialistas analíticos, como mencionamos anteriormente.

Dessa maneira, convém avaliar a melhor forma de montar uma equipe alinhada às suas necessidades e com capacidade escalável de crescimento.

Algumas habilidades desejadas para esse tipo de profissional são:

  • hacker ético;
  • cibernética forense;
  • engenharia reversa;
  • prevenção de intrusões.

O treinamento contínuo também é uma poderosa ferramenta de capacitação. Algo que confere constante atualização para as suas medidas de segurança cibernética.

E, no que diz respeito à contratação e profissionais especializados no SOC, você pode considerar uma equipe interna, por exemplo. Ou, ainda, contratar SOCs virtuais, que são equipes usadas para trabalhos pontuais e necessidades específicas.

Você pode, ainda, terceirizar o serviço — normalmente, realizado por meio de provedores de serviços de segurança externo (MSSP).

Como a Yssy pode te ajudar com o SOC?

A Yssy é especialista em segurança cibernética e conta com uma solução SOC para empresas.

Por meio dela, você foca no sucesso da sua marca enquanto cuidamos, especificamente, do monitoramento e da proteção de seus dados por meio de metodologias e processos estratégicos. Com eles, criamos e mantemos suas defesas de segurança com elevado grau de eficácia. E, assim, oferecemos alto nível de proteção para sua rede de dados, inibindo ameaças, invasões e prejuízos.

Além disso, o SOC da Yssy permite que consigamos administrar, simultaneamente, ferramentas como:

  • Firewalls;
  • Antivírus;
  • WAF;
  • NAC.

E nossos especialistas se ocupam de interpretar os relatórios tecnológicos para identificar eventuais incidentes e ameaças. É o melhor dos mundos, para que você mantenha sua empresa em segurança enquanto foca suas atenções em desenvolver o seu negócio.

Quer saber mais sobre nossa solução de monitoração e resposta a incidentes? Clique aqui!

Conclusão

Vimos, ao longo deste artigo, o que é e como funciona o SOC — sigla para Centro de Operação de Segurança.

Com esse meio de proteção multidisciplinar, sua empresa permanece em constante monitoramento. O que evita ataques repentinos e ainda previne seus sistemas de serem constantes alvos de ameaças cibernéticas.

Vale a pena conhecer as soluções de SOC para identificar o meio mais assertivo de proteger a sua organização e as informações dos seus clientes!