Pentest (Teste de invasão)​

O processo de Pentest, ou teste de invasão, é uma atividade realizada em segurança cibernética para avaliar a segurança de um sistema de computador, rede ou aplicativo. Ele consiste em simular um ataque real a fim de identificar vulnerabilidades e pontos fracos que possam ser explorados por invasores mal-intencionados. O objetivo principal do Pentest é identificar e corrigir essas vulnerabilidades antes que elas sejam exploradas por pessoas mal-intencionadas.

O processo de Pentest geralmente envolve as seguintes etapas:

Planejamento e escopo: Nesta etapa, é definido o escopo do teste de invasão, incluindo quais sistemas, redes ou aplicativos serão testados, quais técnicas e abordagens serão utilizadas e quais são os objetivos específicos do teste.

Coleta de informações: Nesta etapa, são coletadas informações sobre o alvo do teste, como endereços IP, nomes de domínio, arquitetura de rede, sistemas operacionais, tecnologias utilizadas, entre outros. Essas informações ajudam a entender melhor o sistema e a identificar possíveis vulnerabilidades.

Identificação de vulnerabilidades: Nesta etapa, são utilizadas várias técnicas de análise e testes automatizados para identificar vulnerabilidades conhecidas no sistema, como falhas de configuração, falta de patches de segurança, exposição de informações sensíveis, entre outras. Também podem ser realizadas análises manuais para identificar vulnerabilidades mais complexas.

Exploração: Após a identificação das vulnerabilidades, os testadores de invasão tentam explorar essas vulnerabilidades para obter acesso não autorizado ao sistema. Eles podem usar ferramentas automatizadas ou técnicas manuais para explorar as vulnerabilidades e ganhar acesso privilegiado ao sistema.

Obtenção de acesso e pós-exploração: Se os testadores de invasão conseguirem explorar com sucesso as vulnerabilidades e obter acesso ao sistema, eles tentarão manter esse acesso por um período prolongado para avaliar o impacto que um invasor real poderia ter. Eles podem explorar mais o sistema, procurar informações confidenciais, alterar dados, entre outros.

Relatório: Após a conclusão do teste de invasão, é gerado um relatório detalhado que inclui todas as descobertas, metodologias utilizadas, vulnerabilidades identificadas, riscos associados e recomendações de mitigação. Esse relatório é entregue aos responsáveis pela segurança do sistema, permitindo que eles tomem medidas para corrigir as vulnerabilidades identificadas.

É importante ressaltar que o Pentest deve ser conduzido por profissionais qualificados e devidamente autorizados, garantindo a legalidade e a ética das atividades realizadas.

Parceiros



Outras Soluções de Diagnóstico de Segurança

Avaliação de Arquitetura

A avaliação de arquitetura em segurança cibernética é um processo que envolve a análise e avaliação da arquitetura de sistemas, redes ou aplicativos de uma…

Perícia Forense

A perícia forense em segurança cibernética, também conhecida como investigação forense digital, é o processo de coleta, análise e preservação de evidências digitais relacionadas a…

Cyber Diagnosis

Um guia completo para sua operação rodar livre de ataques e exposição de dados. Conte ainda com soluções que vão além do diagnóstico – da instalação à monitoração da segurança cibernética da sua empresa.

DPOaaS

DPOAAS é uma sigla que significa “Data Protection Officer as a Service”, em português, “Encarregado de Proteção de Dados como Serviço”. O DPO é responsável…

GRC (ITIL, ISO 27.001, PCI, LGPD)​

GRC é uma sigla que representa as áreas de Governança, Risco e Conformidade em segurança cibernética. Ela engloba um conjunto de práticas, processos e tecnologias…

Auditoria

Uma auditoria em segurança cibernética envolve a avaliação independente e sistemática dos controles de segurança de uma organização. Os serviços prestados em uma auditoria de…

FALE CONOSCO