Web Application Firewall (WAF): como funciona e benefícios

web application firewall

Em busca de mais qualidade para a sua segurança cibernética? Então, vem com a gente descobrir as vantagens em contar com o Web Application Firewall — ou WAF, apenas.

Por meio de um eficiente trabalho de filtragem e monitoramento do tráfego HTTP, a solução tem uma atuação diversificada (e diferenciada) de proteção contra diversos tipos de ataques.

Quer ver se o Web Application Firewall é realmente benéfico para a sua empresa, ou apenas entender o que é o WAF? Pois então, acompanhe-nos ao longo desta leitura!

O que é Web Application Firewall (WAF)?

Web Application (WAF) ou sua tradução em português — firewall de aplicativos web — é um meio seguro de oferecer mais qualidade de defesa aos aplicativos da internet.

Para isso, como adiantamos, ele trabalha com um processo de filtragem e monitoramento do tráfego HTTP que vai dos aplicativo web para a internet e vice-versa.

O resultado disso pode ser visto, de maneira mais expressiva, contra ataques diversos. Como são os casos de:

  • falsificação de solicitação;
  • cross-site-scripting (XSS);
  • injeção de SQL;
  • injeção de arquivo.

Entre outros tipos de tentativas de violação de dados. Lembrando, apenas, que o WAF não teve um desenvolvimento concebido para impedir todo tipo de ataque virtual.

Ou seja: o Web Application Firewall acaba se fortalecendo com o uso combinado de outras estratégias e tecnologias. Algo que só tem a agregar à proteção dos seus dados, usuários e equipamentos.

o que é waf

Como um WAF funciona?

Nem sempre, uma blusa só impede a passagem de ar frio naqueles dias rigorosos de inverno, não é mesmo?

Pois o mesmo se aplica para as soluções de defesa on-line. Quando “coberto” por soluções focadas em outros protocolos de defesa — o WAF é de protocolo da camada 7 —, o Web Application Firewall pode agregar em seu diferencial: o tráfego entre aplicativos e a web.

E ele não funciona como um servidor proxy como estamos acostumados. Por sua vez, a atuação do WAF firewall tem mais a ver com um proxy reverso. Isso porque acontece o seguinte: os usuários passam, primeiro, pelo WAF, e só então chegam ao servidor.

Nesse percurso, o WAF vai atuar de acordo com o seu conjunto de regras (ou políticas), que vai nortear as ações e reações do sistema. Assim, um tráfego malicioso é filtrado porque o WAF já é concebido para aprender e suspeitar daquele tipo de atividade.

Aprender, inclusive, é uma palavra de ordem no uso do Web Application Firewall. Veloz e flexível, ele se adapta às modificações com agilidade e eficácia. Diante de um vetor de ataque recente, o tempo de resposta do WAF é imediato.

É claro que, para isso, você deve contar com uma equipe qualificada e sempre de olho nas tendências do setor para garantir o pleno funcionamento do WAF.

Quando é recomendado o seu uso?

Você deve imaginar — e temer — um ataque virtual à sua base de dados e que seja bem-sucedido. Isso tende a criar problemas de proporções enormes, como a exposição de dados de maneira não autorizada.

O vazamento de informações privilegiadas de usuários, inclusive, é assunto seríssimo e está presente na LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados.

Não só por isso, mas também por isso, o WAF pode ser uma solução a ser considerada. Uma violação de dados pode colocar todo o desenvolvimento da sua marca a perder.

Especialmente, porque as pessoas vão resistir em confiar, novamente, suas informações sensíveis a uma empresa que foi vítima fácil de ataques virtuais. Especialmente, se essa mesma organização não se preocupa com medidas de proteção contra esses ataques.

Daí, a recomendação de uso do WAF para oferecer um contínuo monitoramento, filtragem e bloqueios automáticos do tráfego de dados maliciosos ou com potencial criminoso.

Nesse sentido, sua equipe de TI se beneficia, porque o WAF passa a assumir essa responsabilidade. Eles, por consequência, ganham tempo para se tornarem mais estratégicos e pautados em um modelo de trabalho de inteligência de dados.

waf

Assim, você pode conferir à sua empresa uma proteção automatizada e escalável. Isso significa que as políticas do seu WAF vão contribuir com reforços múltiplos contra ataques comuns. Consequentemente, sua empresa dá mais um passo de impacto rumo à transformação digital.

Pois isso também significa renovar, implementar e testar novas tecnologias e soluções. Afinal de contas, você precisa se garantir contra todo tipo de ameaça digital, como ataques de injeção, quebra de autenticação, a exposição de dados sensíveis de sua base de dados e outras vulnerabilidades — conhecidas ou não.

Algo que o Web Application Firewall faz com boa capacidade de adaptação e escalabilidade, como destacamos anteriormente.

Modelos de operação do WAF

Por falar em flexibilidade e capacidade de escalabilidade, vale a pena conhecer os modelos de operação do WAF. Pois, a partir deles, você tem alinhamento ainda mais preciso com as suas necessidades, objetivos e as características do seu negócio.

Veja, abaixo, quais são!

Com lista de bloqueios

O Web Application Firewall que funciona por meio de uma lista de bloqueios — um modelo de segurança negativo — tem atuação destacada contra ameaças já conhecidas no setor.

É como se esse tipo de tecnologia trabalhasse de segurança em um evento corporativo fechado para convidados, apenas. Munido de uma lista com nomes, ele sabe exatamente o tipo de tráfego que ele vai bloquear qualquer tentativa de intrusão — o famoso “penetra”.

Com lista de permissões

Por sua vez, o WAF com lista de permissões atua como o segurança que tem apenas a lista de convidados. Ou seja: por meio de um modelo de segurança positivo, esse tipo de solução permite tráfegos que tenham sido previamente aprovados, apenas.

Uma novidade de última hora, mas não maliciosa, vai ser barrada na entrada. Independentemente de quem seja.

E só com esse exemplo deve ter ficado claro que ambos os modelos são interessantes, dentro de diferentes objetivos e as características do seu negócio.

Da mesma maneira que eles podem trazer certos inconvenientes no percurso. A boa notícia é que é possível encontrar modelos de Web Application Firewall que têm um pouco de cada uma das características mencionadas acima.

O bom e velho modelo híbrido. Assim, cada empresa consegue definir a melhor estratégia de acordo com as suas próprias necessidades.

Por que usar WAF? Veja os principais benefícios

Talvez, você já tenha percebido que existem boas vantagens em usar o Web Application Firewall. Contudo, abaixo vamos reforçar alguns dos principais benefícios em contar com essa solução para o desenvolvimento da sua empresa.

E, claro, para fortalecer a sua segurança digital. Veja só quais são os grandes benefícios do WAF!

Mais segurança

Você pode configurar os recursos do seu WAF de duas maneiras:

  • por meio da API do AWS WAF;
  • a partir do Console de gerenciamento da AWS.

Com isso, seus DevOps conseguem estabelecer uma série de regras específicas e que vão atender, especificamente, ao seu negócio.

E o melhor: de maneira gradual, adaptável às mudanças na sua empresa e também no setor de tecnologia. Dessa maneira, você nunca fica em desvantagem com relação às tendências em ataques virtuais — como muita empresa ficou quando o ransomware chegou com suas ameaças múltiplas, por exemplo.

como funciona o waf

Visibilidade de tráfego

Com o Web Application Firewall, deve ter ficado claro que o seu negócio e seus especialistas em TI adquirem um poderoso aliado. Um que, particularmente, fica de olho em todo o tráfego on-line acontecendo incessantemente na sua rede.

Um benefício que vai garantir agilidade e precisão na tomada de decisão para modificar as políticas do WAF, por exemplo. Sem falar na amplitude de controle que você passa a ter sobre o seu tráfego, já que o WAF é capaz de criar registros amplos e abrangentes.

Pois então, complementarmente ao aumento de segurança, você também adquire um poder maior de visibilidade, podendo até mesmo antever problemas.

Fácil implementação

Hoje em dia, com tanta mudança e transformação tecnológica, sua solução tem que ser adaptável e dinâmica. Até por isso, pode tranquilizar-se porque o WAF é fácil e rápido de ser implementado em seu sistema de segurança.

Não existe nada que você tenha que implantar além do WAF (como um software adicional). Nada disso, tampouco uma configuração de DNS ou uma configuração extra de proxy reverso.

Da sua parte, essa facilidade é potencializada com a possibilidade de gerenciar e definir as suas políticas (as já citadas regras) como preferir, o que agrega em ainda mais valor de facilidade para colocar o Web Application Firewall em ação.

Economia de infraestrutura

Ao gerenciar as regras do seu WAF, ameaças comuns em geral já começam a ser monitoradas, filtradas e bloqueadas. Assim, simples assim.

Você pode, inclusive, basear-se em uma seleção de diversos tipos de políticas de atuação do programa. Alguns exemplos:

  • riscos do Open Web Application Security Project (OWASP);
  • ameaças comuns do Content Management Systems (CMS);
  • Common Vulnerabilities and Expositures (CVE) emergentes.

Um novo problema surgiu e colocou os especialistas de TI em alerta? O WAF já está em desenvolvimento e atualização para garantir novos filtros e meios de combate a esses ataques.

De quais ameaças o WAF protege sua empresa?

Falamos brevemente sobre isso, em tópicos anteriores, mas vale o reforço para especificar sobre quais ameaças estamos falando.

Afinal de contas, ao adquirir um Web Application Firewall, você deve se certificar de que a solução tem tudo para resolver um ou mais problemas de uma vez!

Por isso, dê uma conferida na lista que selecionamos de ameaças que o WAF pode proteger o seu negócio:

  • tentativas de modificação na sua configuração de segurança;
  • execução de códigos focados em invadir sua base de dados;
  • vulnerabilidades que manipulam componentes;
  • dados sensíveis expostos;
  • quebra de autenticação;
  • entidades externas;
  • ataque de injeção;
  • mudanças de log.

São diversos tipos de ameaças que o WAF consegue combater, portanto, o que também diz respeito ao Open Web Application Security Project (OWASP top 10).

Vale destacar, contudo, que esse tipo de solução pode ir além, também protegendo sua empresa de outras ameaças. Alguns exemplos: bots, tentativas de uploads maliciosos ou mesmo de DDoS e de ataques Zero-day.

Formas de implementação do WAF

Estamos cada vez mais próximos de entender os motivos decisivos que têm transformado o Web Application Firewall em uma importante ferramenta.

por que usar waf

E acreditamos que um ponto-chave, para isso, é a sua versatilidade de implementação. Abaixo, reunimos as suas características para que você possa analisá-las!

Baseados em rede

Esse tipo de WAF se destaca porque tende a ser baseado em um hardware.

A consequência mais evidente disso é que ele possui latência menor, já que é instalado na própria máquina. Contudo, assim como outras soluções desse tipo, seu investimento e infraestrutura necessária de utilização costumam ser maiores.

Baseados em hospedagem

Quando baseado em hospedagem, o WAF tem a versatilidade de se integrar ao software, o que reduz os impactos de investimento da solução.

Contudo, esse modelo demanda uma implementação mais detalhada, assim como o custo de manutenção pode ser maior.

Baseados em nuvem

Por fim, a tecnologia baseada na nuvem se mostra uma versão mais flexível, ágil e eficiente para as empresas.

Afinal de contas, sua implementação é rápida — não precisa fazer nada presencialmente, e nem instalar o WAF em servidores físicos. É uma solução basicamente pronta para uso.

E o custo inicial tende a ser menor, acompanhando o reduzido grau de complexidade desse tipo de solução para as empresas.

Conclusão

Viu como o Web Application Firewall pode ser um diferencial e tanto para a promoção da sua segurança cibernética?

Dentro das empresas, o WAF é um auxiliar de peso contra ameaças já conhecidas, e se torna em uma camada extra de proteção aos seus dados e propriedade intelectual.

Se você tiver interesse em saber mais sobre o Web Application Firewall (WAF), dê uma olhadinha, primeiro, nas soluções de segurança cibernética da Yssy! Assim, caso você queira saber melhor sobre nossos produtos e serviços, basta entrar em contato conosco!